Zezé Perrella diz ter “carta branca” no Cruzeiro e avisa: “Não tolero jogador na noite”

O fim desta semana foi agitado nos bastidores do Cruzeiro. A saída de Itair Machado da vice-presidência de futebol, tornou Zezé Perrella, atual presidente do Conselho Deliberativo, o homem forte do futebol cruzeirense. E ele terá “carta branca” para fazer quaisquer alterações no departamento. É o que garante o próprio Perrella, que afirma que irá mudar muita coisa.

E um setor que terá alterações será a categoria de base, com o qual, segundo Zezé, o clube gasta, atualmente R$ 20 milhões por ano. o presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro afirma que tal situação é inadmissível, tendo em vista que, na visão dele, ninguém tem sido revelado.

Após Itair Machado ser demitido, Zezé Perrella assume como vice de futebol do Cruzeiro

Após Itair Machado ser demitido, Zezé Perrella assume como vice de futebol do Cruzeiro

– Eu vou mudar muita coisa. Todos aqueles que eu entender (que tem que tirar), e eu tenho carta branca para isso, quem tivermos que trocar, vamos trocar, vão ficar aqueles que eu entender que estão fazendo bem para o Cruzeiro. Vou mudar muita coisa na base. O Cruzeiro gasta hoje quase 20 milhões por ano com a base. Isso é inadmissível. E quem o Cruzeiro revelou? Praticamente ninguém. O que foram revelados, sem puxar sardinha para o meu lado, foi na minha época.. Lucas Silva e vários deles aí… de cinco anos para cá, o que que surgiu?

Amarildo Ribeiro, homem da confiança de Itair, é o responsável pela base do Cruzeiro — Foto: Gustavo Aleixo

Amarildo Ribeiro, homem da confiança de Itair, é o responsável pela base do Cruzeiro — Foto: Gustavo Aleixo

E serão necessárias mudanças no comportamento de alguns jogadores para que eles sigam no clube com Zezé Perrella. O novo homem forte do futebol cruzeirense afirmou que os atletas terão que cumprir com todas as obrigações profissionais.

– Eu não tolero jogador na noite. É inadmissível o jogador de futebol que tem um jogo na quarta-feira ser encontrado na balada na segunda. Primeira coisa que eles vão entender é isso.

“Jogador comigo não vai ficar na noite, vai ter cumprir suas obrigações de profissional”

Relação do elenco com Itair

E a relação dos jogadores com Itair Machado era de proximidade. Questionado sobre como o elenco vai recebê-lo após a demissão do antigo vice-presidente, Perrella se mostrou tranquilo e elogiou a saída de Itair, até porque ele foi uma das pessoas que articulou, no bastidores, essa demissão.

– Eu tenho absoluta convicção que os jogadores sabem da minha história. Se eles estão preocupados com o Cruzeiro, eles vão entender que está entrando uma pessoa mais preocupada com o Cruzeiro do que eles. Eu te digo uma coisa, com todo respeito, entendo as pessoas que gostam do Itair, até porque ele é muito envolvente. Tem lá suas qualidades. Eu não concordei com a maneira intempestiva que ele procurou gerir o departamento de futebol e por todas as coisas que acontecerem, eu acho que ele fez muitíssimo bem para ele e para família dele ter se afastado. Não tinha mais clima.

Itair Machado (de costas) tinha ótimo relacionamento com o elenco — Foto: Diogo Finelli

Itair Machado (de costas) tinha ótimo relacionamento com o elenco — Foto: Diogo Finelli

Zezé Perrella fez questão de afirmar, ainda, que os jogadores gostam de receber os salários em dia. O que tem sido raro nos últimos meses. Na última segunda-feira, por exemplo, completaram dois meses de salários atrasados aos atletas.

“Jogador de futebol, com todo respeito a todos eles, primeiro gosta de ter salário em dia”

– É normal. Quem trabalha tem direito de receber sua remuneração. Obviamente eles (jogadores) gostavam dele (Itair). Eu não quero que nenhum jogador de futebol goste de mim, eu quero que eles gostem do Cruzeiro. Eles vão entender isso rapidinho – declarou Zezé.

Abel fica?

Uma das últimas ações de Itair Machado como vice-presidente do Cruzeiro foi contratar o técnico Abel Braga. Zezé Perrella afirma que a intenção é manter o técnico até o fim do ano, citando que, assim como ele, Abel entrou em um “avião em queda” e ficará até dezembro.

– Acho que o cruzeiro já trocou de treinador demais esse ano. O Abel tem um bom trânsito com jogadores, é paizão, me lembra muito o estilo de Felipão comandar. Eu gosto dele e acho que não tem nenhuma condição hoje do Cruzeiro trocar de treinador. Com o Abel aconteceu como aconteceu comigo, agora. Eu ainda brinquei com ele ontem (quinta-feira): “Entramos em um avião em queda e agora temos que ficar até o final”. Não penso de maneira nenhuma em trocá-lo e acho que ele vai ser peça fundamental para que a gente não caia. Estou muito confiante que o cruzeiro não cai.