Os motivos do Atlético para investir em Nacho Fernández com ou sem Sampaoli

Treinador é entusiasta do futebol do meia e o indicou à diretoria alvinegra, mas provavelmente deixará Cidade do Galo rumo ao Olympique de Marseille, da França

 João Vitor Marques /Superesportes

(Foto: Reprodução/Instagram Nacho Fernández)
Ignacio Fernández foi protagonista do poderoso River Plate nos últimos anos, mas só recebeu uma oportunidade na Seleção Argentina. O responsável por convocá-lo? Jorge Sampaoli, a quem Nacho reverá no Brasil. O reencontro, contudo, deve durar pouco tempo, já que o treinador negocia com o Olympique de Marseille, da França, e está de saída do Atlético. Outro interessado no argentino é o Al-Hilal, da Arábia Saudita.
Foi Sampaoli quem indicou Nacho à diretoria alvinegra. Desde 2020, o meia de 31 anos é o grande “sonho de consumo” do comandante atleticano. Mas a admiração pelo futebol do armador é mais antigo.
Em 2017, Sampaoli deu a Nacho uma oportunidade na Seleção Argentina. Na ocasião, a estrela do River entrou no segundo tempo do amistoso contra Cingapura. Ficou 20 minutos em campo e contribuiu com uma assistência para Di María marcar o último gol da vitória por 6 a 0. Depois disso, o treinador não voltou a convocá-lo, mas a admiração continuou.