Funalfa abre inscrição de propostas para ‘Corredor Cultural 2019’ em Juiz de Fora

Interessados podem inscrever propostas de eventos para o Corredor Cultural 2019 até 3 de maio — Foto: Funalfa/DivulgaçãoInteressados podem inscrever propostas de eventos para o Corredor Cultural 2019 até 3 de maio — Foto: Funalfa/Divulgação

A Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) abre nesta terça-feira (16) o cadastro de propostas para a programação do “Corredor Cultural 2019”. O evento será realizado de 24 a 26 de maio, como parte da programação comemorativa dos 169 anos de Juiz de Fora

A inscrição é gratuita e deve ser feito até 3 de maio. O edital foi publicado no Diário Oficial do último sábado (13). É preciso baixar no site o formulário de inscrição, que deverá ser preenchido e encaminhado junto aos documentos solicitados para o e-mail corredorculturaljf@gmail.com.

A seleção será entre 4 e 8 de maio, quando os inscritos poderão ser contatados para esclarecimento de dúvidas a respeito da proposta ou negociação de eventuais alterações. O resultado final está previsto para 10 de maio.

De acordo com o diretor-geral da Funalfa, Zezinho Mancini, neste ano, será seguida a proposta original do evento de formar um corredor de atividades culturais na região central: intervenções, apresentações e atividades de arte e entretenimento.

“A proposta, então, é, nos três dias de programação, fazer o eixo entre o Teatro Paschoal Carlos Magno e o Museu Ferroviário reverberar cultura, sempre com a marca da pluralidade, característica da cidade”, analisou via assessoria.

Critérios

Serão aceitas atividades em todos os segmentos culturais, como: música, dança, circo, teatro, cinema, fotografia, artes plásticas, cultura popular, moda e games, entre outras.

Podem se candidatar pessoas física, microempreendedor individual (MEI), entidades sem fins lucrativos e demais pessoas jurídicas. Cada categoria exige informações específicas além das obrigatórias: nomes da proposta ou ação e de contatos do responsável; experiência na área de inscrição; resumo e duração do evento; e sugestão de data, horário e local para a realização da proposta.

Conforme o regulamento, os artistas e produtores culturais poderão propor intervenções, apresentações ou atividades em três categorias:

  1. Pequeno porte: custo total igual ou inferior a R$ 700 brutos;
  2. Médio porte: custo entre R$ 700,01 e R$ 2 mil brutos;
  3. Grande porte: custo entre R$ 2.000,01 e R$ 5 mil, restrita às pessoas jurídicas.

As propostas inscritas serão submetidas à comissão de seleção, composta por funcionários da Funalfa, que vai avaliar dos seguintes critérios:

  • relevância cultural ou grau de inovação da proposta;
  • clareza e suficiência de informações;
  • exequibilidade e adequação global da proposta;
  • inclusão de ações de acessibilidade;
  • e formação de público.

pp21