Fórum em Miradouro é inaugurado e recebe dezenas de autoridades

autoridades da segurança pública de Muriaé participaram da inauguração

Para a juíza Aline Arquete, a inauguração do fórum é um marco e irá atender da melhor forma a população

Segundo o Juiz Comarca de Miradouro, Dr. Antônio Pavel, o fórum custou 3 milhões de reais e demorou um ano para ser construído

Para o Presidente do TJ-MG, Nelson Messias, o objetivo é construir mais 30 fóruns em cidades do interior de Minas

 

Foi inaugurado nesta terça-feira (11) na cidade de Miradouro o Fórum Antônio Aníbol Pacheco. Dezenas de autoridades representando o poder judiciário, executivo e legislativo acompanharam a inauguração.

Dentre os presentes estava o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Desembargador, Nelson Messias de Moraes.

A solenidade começou com apresentação do hino nacional e hasteamento das bandeiras, em seguida, as autoridades puxaram a faixa na porta do fórum.

Depois todos os convidados foram até a sala do júri para ouvir os discursos das autoridades e o descerramento da placa.

O primeiro a falar foi o juiz responsável pela comarca, Antônio Pavel. Em seu discurso, o magistrado agradeceu os servidores, familiares e falou da importância do espaço para o município e toda classe jurídica.

O Fórum de Miradouro foi inaugurado no início da década de 1950 e funcionou até 1970. Depois o local só voltou às atividades no início da década de 1990, com diversos problemas estruturais, sem oferecer comodidade aos servidores e a população.

O novo fórum começou a ser construído a cerca de um ano e custou aproximadamente de 3 milhões de reais aos cofres públicos. Todo projeto foi conduzido pelo departamento de engenharia do Tribunal Judiciário de Minas Gerais.

O espaço conta com sistema de ar-condicionado, acessibilidade para pessoas com deficiência, estacionamento de veículos e salas amplas e modernas.

Segundo o presidente do TJ-MG, Desembargador Nelson Messias, o objetivo é construir 30 novos fóruns até junho deste ano em diversas cidades do estado.

Atualmente, cerca de quatro mil processos ativos estão sob a responsabilidade da comarca de Miradouro que atende também os municípios de Vieiras e São Francisco do Glória.

 

Fonte : Rádio Muriaé