Forte chuva causa alagamentos e deslizamentos em Muriaé

Rua São José, no Bairro Napoleão, fica alagada após as chuvas em Muriaé.  — Foto: Gabriela Mariquito/Arquivo pessoal

Rua São José, no Bairro Napoleão, fica alagada após as chuvas em Muriaé. — Foto: Gabriela Mariquito/Arquivo pessoal

Uma forte chuva que atingiu a região da Zona da Mata no final da noite de quinta-feira (27) e na madrugada desta sexta-feira (28) provocou alagamento, quedas de barranco e muros em Muriaé. Até a última atualização desta reportagem, a Prefeitura não havia contabilizado o número de pessoas desabrigadas ou desalojadas.

Segundo a Defesa Civil, um alerta de chuvas intensas para o município foi emitido na tarde da quinta-feira (27) pelos órgãos de climatologia. E desde às 17h, foram registradas 17 ocorrências.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, a recomendação é que o acumulado de chuva estrá provocando movimento de massa de grande dimensão.

Os bairros São José, Barra, José Cirilo, Santana, Napoleão e Safira foram os mais atingidos depois do registro de aumento do nível dos rios Muriaé, Preto e Glória que cortam a região.

A chuva teve início por volta das 17h e até a madrugada de sexta-feira (28), foram contabilizados 120 milímetros durante este período na cidade.

Um dos deslizamentos registrados pelo Corpo de Bombeiros ocorreu na estrada que liga Muriaé ao Distrito do Vermelho. Na BR-356, uma barreira caiu em parte da pista próxima da região conhecida como Estrada do Vermelho.

Os trabalhos de limpeza foram realizados pelo Departamento Municipal de Saneamento Urbano (Demsur) na manhã desta sexta-feira (28), e a via já está liberada.

Deslizamento de talude interdita BR-356, na Estrada do Vermelho — Foto: Prefeitura de Muriaé/Divulgação

Deslizamento de talude interdita BR-356, na Estrada do Vermelho — Foto: Prefeitura de Muriaé/Divulgação

Parte de uma casa foi atingida pela enchente no Bairro Safira. A Defesa Civil esteve no local e interditou o imóvel. Outras duas residências na Rua Santa Maria por risco de novo deslizamento. Não houve vítimas.

No Bairro Barra, um carro sem ocupantes foi atingido depois que um muro desabou. Não há registro de feridos.

Um muro desabou sobre um carro, no Bairro Barra em Muriaé — Foto: Silvan Alves/Reprodução

Um muro desabou sobre um carro, no Bairro Barra em Muriaé — Foto: Silvan Alves/Reprodução

Plano de Contingência

Para garantir medidas de segurança para a população, a Prefeitura de Muriaé definiu um Plano de Contingência. O intuito é reduzir danos e auxiliar moradores prejudicados pelas chuvas.

O plano designa responsabilidades para diversas secretarias do município. A Defesa Civil, por exemplo, faz todo o monitoramento dos rios Muriaé, Preto e Glória, além de atender pedidos de vistorias e dar orientações à população.

A limpeza da cidade e retirada de terra, em caso de queda de barrancos ou encostas, fica por conta da Secretaria de Obras e do Departamento Municipal de Saneamento Urbano (Demsur).

Já a Secretaria de Desenvolvimento Social auxilia as vítimas que necessitam de abrigo, com kits de materiais de limpeza e de higiene pessoal, além de pratos de comida.

E a Secretaria de Educação atua em ações de logística e, caso haja necessidade, é responsável por abrir escolas para que possam ser usadas como abrigo.

A recomendação para quem vive em áreas de risco, que ficam próximas a encostas ou regiões ribeirinhas, é que fique atento a qualquer chuva forte que atinja a região. Em caso de dúvidas, é preciso acionar a Defesa Civil pelo número 199.