Ex-jogador do Atlético fura quarentena com festa e vai parar na delegacia

Atacante Alerrandro, agora no Red Bull Bragantino, alugou casa em Lavras para 30 pessoas, mas vizinhos não gostaram e chamaram a polícia

 

(foto: Ramon Lisboa/EM/DA Press)
(foto: Ramon Lisboa/EM/DA Press)

O atacante Alerrandro, do Red Bull Bragantino, se envolveu em uma confusão que se tornou caso de polícia no final de semana, na cidade de Lavras, no interior de Minas Gerais.

O ex-jogador do Atlético-MG furou a quarentena em razão do novo coronavírus, denominado Covid-19, e organizou uma festa com cerca de 30 pessoas. Após o incidente, ele se desculpou nas redes sociais.

 

jogador alugou uma casa no final de semana para a festa. Incomodados com o barulho e com a falta de respeito por não seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do governo, que é de ficar em casa, vizinhos do imóvel chamaram a polícia. O jogador chegou a ser levado para a delegacia, mas foi liberado pouco depois.

 

nteriormente, o Red Bull Bragantino, assim como a maioria dos clubes brasileiros, havia determinado que o atleta se preservasse e ficasse em casa, para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. O jogador de 20 anos foi multado pelo clube de Bragança Paulista (SP) pelo ato de indisciplina.

 

Alerrandro resolveu se manifestar e publicou um vídeo em que pede desculpas pelo ato. “Peço desculpas ao clube e ao torcedores. Em tempos de quarentena, ficar em casa, em isolamento, é necessário”, disse.