América: Lisca pode iniciar Série A como técnico mais longevo; veja ranking

Há mais de um ano no América, Lisca já conduz o trabalho mais longo da carreira profissional

 Lucas Bretas /Superesportes

(Foto: Marina Almeida/América)
O técnico Lisca, do América, pode iniciar a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro de 2021 com o trabalho mais longevo da elite nacional. Isso porque existe grande possibilidade de que Renato Gaúcho, especulado no Atlético, não siga no Grêmio. Na sequência desta matéria, veja o ranking de duração dos projetos da próxima Primeira Divisão.
Lisca, que comanda o América desde 30 de janeiro de 2020, faz história no clube mineiro. O trabalho já é o mais longo da carreira do treinador, e foi coroado com duas excelentes campanhas: na Copa do Brasil, em que foi semifinalista, e na última edição da Série B, em que se sagrou vice-campeão.

O gaúcho de 48 anos ‘driblou’ o estereótipo de ‘doido’ e se firmou com um dos melhores trabalhos da temporada 2020/21 no futebol brasileiro. Com respaldo da diretoria americana, Lisca renovou seu contrato com o clube mineiro até dezembro de 2021.

Números de Lisca no América

  • Jogos: 60
  • Vitórias: 30
  • Empates: 21
  • Derrotas: 9
  • Gols pró: 70
  • Gols contra: 41

Confiança da diretoria

Marcus Salum, presidente do América até 28 de fevereiro, afirmou, em entrevista exclusiva ao Superesportes, que a permanência do Coelho na Série A passa, entre outros fatores, pela continuidade do trabalho de Lisca. O dirigente espera que o projeto com o treinador não seja interrompido.
“Eu acho que o América errou pouco em 2018, mas o grande problema da Série A é você vir com um trabalho organizado, de um ano anterior, com um treinador, e no meio do caminho você ter que mudar de treinador. Eu espero que o mercado ou o próprio América tenha a tranquilidade de achar o caminho com o Lisca. Quando eu falo mercado, é dele não receber nenhuma proposta no meio do caminho, que aconteceu em 2018. Nós tivemos que bater cabeça”, disse.

“Precisa, se Deus quiser, não perder o Lisca – nem por proposta e nem por problemas internos. Porque o trabalho em continuidade te leva a ter um resultado melhor”, completou.