Villanova supera Michigan e confirma favoritismo com mais um título da NCAA


Por GloboEsporte.com, San Antonio, EUA

Melhor time masculino do basquete universitário dos Estados Unidos nas últimas quatro temporadas, Villanova Wildcats confirmou o favoritismo na noite desta segunda-feira e conquistou mais um título da NCAA – entidade que organiza o torneio. Na decisão do Final Four contra Michigan Wolverines, em San Antonio, o time da Filadélfia até teve trabalho nos primeiros minutos, mas dominou a partida ainda na etapa inicial e caminhou sem grandes problemas para a vitória por 79 a 62.

O grande nome do jogo foi o ala-armador Donte DiVicenzo, que saiu do banco para anotar 31 pontos e ser eleito o MVP da decisão. O ala-armador de 21 anos de Villanova estabeleceu a melhor marca de um reserva na história da final da NCAA e se tornou apenas o segundo jogador a alcançar 30 pontos e cinco bolas de três na decisão (Glen Rice conseguiu o feito em 1989).

Favorito desde o início do “March Madness” – os playoffs da NCAA -, Villanova chegou ao título com vitórias em todas as seis partidas da fase mata-mata com margem de 10 ou mais pontos de vantagem sobre os adversários. Campeão em 2016, os Wildcats se tornaram um dos quatro times a conquistarem dois campeonatos em três temporadas desde 1985 (ao lado de Florida, Kentucky e Duke).

Além de DiVicenzo, Villanova também contou com grande segundo tempo de Mikal Bridges, especulado para a primeira rodada do próximo Draft da NBA, que terminou a partida com 19 pontos. Eleito o melhor jogador da temporada pela Associated Press (AP), o armador Jalen Brunson sofreu com problema faltas, mas também contribuiu para a conquista dos Wildcats com nove pontos, duas assistências, dois rebotes e dois roubos de bola.

 No time de Michigan, que até começou bem na partida, o principal cestinha foi o ala-armador Muhammad-Ali Abdur-Rahkman, com 23 pontos. O alemão Motriz Wagner, que anotou 11 dos primeiros 16 pontos do time, não conseguiu manter o ritmo no segundo tempo e terminou a partida com 16 pontos e sete rebotes.
# Compartilhe...FacebookTwitterGoogle+LinkedInPinterestEmail