O São Paulo ainda trabalha para ter Hernanes em 2019. O interesse é real, mas não é um negócio fácil. Muito pelo contrário. Além dos altos valores envolvidos, o Hebei Fortune, da China, mudou pessoas na direção.

Profissionais do departamento jurídico e um CEO (“Chief Executive Officer”), responsável por definir diretrizes do clube, foram substituídos. São dirigentes com os quais o Tricolor negociou o retorno de Hernanes em 2017. Isso é considerado um obstáculo a mais no Tricolor, cauteloso com a possibilidade de repatriar o Profeta.

Por outro lado, o contrato de Hernanes com o Hebei vence em dezembro de 2019. A vontade do jogador em retornar, disposto inclusive a abrir mão de dinheiro, e o risco de o Hebei Fortune não lucrar com uma venda são positivos para o São Paulo. Esta janela internacional seria a última chance de negociação antes de o meia poder assinar um pré-contrato, a partir de junho.

Pessoas envolvidas nas conversas afirmam que não há desejo do Hebei Fortune e do próprio Hernanes em renovar contrato. Um novo empréstimo ao São Paulo, portanto, estaria fora de cogitação.

São Paulo sonha com volta de Hernanes, do Hebei Fortune — Foto: Divulgação/HebeiSão Paulo sonha com volta de Hernanes, do Hebei Fortune — Foto: Divulgação/Hebei

Mas os chineses costumam dificultar as negociações, o que pode arrastar as conversas por algum tempo. Sabendo do interesse do São Paulo, Hernanes aguarda um desfecho. Caso o retorno ao Morumbi não seja concretizado, ele vai cumprir seu contrato normalmente.

Aos 33 anos, Hernanes fez quatro gols em 14 jogos na última temporada. O Profeta teve duas lesões musculares no músculo posterior da coxa, mas terminou o ano atuando.

No São Paulo em 2017, o meio-campista foi fundamental na campanha para tirar o time da zona do rebaixamento, com nove gols em 19 partidas.

Pelo São Paulo, Hernanes recebeu prêmio no Brasileirão de 2017  — Foto: Lucas Figueiredo/CBF

 

Pelo São Paulo, Hernanes recebeu prêmio no Brasileirão de 2017 — Foto: Lucas Figueiredo/CBF

pp21

# Compartilhe...FacebookTwitterGoogle+LinkedInPinterestEmail