Coelho bate CRB, ganha corrida contra o Inter e fica com o título brasileiro. Torcida chega junto e quebra recorde de público no Independência

O América-MG conquistou neste sábado o seu segundo título da Série B. Há 20 anos, em 1997, o Coelhão também levantou o caneco do Campeonato Brasileiro.

O América-MG teve dificuldades no 1º tempo. O CRB armou uma retranca no Independência, diminuiu os espaços e também se aproveitou da ansiedade dos jogadores do Coelho. O Inter bateu o Guarani em Porto Alegre, e o América só ficaria com o título se vencesse neste sábado.

Com toda essa pressão, o Coelho só se soltou após os 40 minutos. Ruy, num chutaço de fora da área, acertou o travessão do CRB, aos 45. Três minutos depois, Luan recebeu na área do time alagoano e bateu na saída de Edson Kolln. Acertou a rede pelo lado de fora.

 

O América avançou e teve uma chance logo aos cinco minutos, com Norberto. A cabeçada parou em Edson Kolln. Mas o avanço do Coelho também abriu espaço para o CRB. Aos 10, saiu uma jogada impressionante. Neto Baiano recebeu sem marcação, na intermediária, e bateu na saída do goleiro Fernando Leal. A conclusão saiu fraca, e Messias evitou o gol quase na linha. Teve logo resposta. Aos 14, Giovanni chutou por baixo, Kolln soltou a bola e Bill, no rebote, concluiu: o goleiro do CRB se recuperou e fez uma grande defesa. Aos 20 minutos, saiu o esperado gol do título. Ruy cobrou escanteio da direita, a bola desviou e sobrou limpa para Rafael Lima, que marcou de coxa. Aos 28, Norberto ainda finalizou com muita violência e acertou o travessão do CRB. O Galo teve mais uma chance, com Tony, mas o Coelho melhorou muito na reta final e bombardeou o adversário. Giovanni perdeu uma oportunidade embaixo da trave, sem goleiro. Depois, Kolln fez um milagre numa finalização de Bill e, por fim, Ratinho tirou em cima da linha após chute de Messias.

38425756461_c1c453d4a2_o_1

# Compartilhe...FacebookTwitterGoogle+LinkedInPinterestEmail